sábado, 30 de julho de 2011

Amar também é evoluir...

As palavras muitas vezes machucam
Mas, é preciso liberá-las para proteger nossa alma
Estas palavras não serão suaves o suficiente
Para impedir que batam como pedras
No coração daquele que amamos
E age com insensatez e se apequena
Perante o único grande imperativo

Amar e fazer-se amar!
[O amor pode trazer dor, sim]

Por fim, tomar conta deste puro amor
Como se fosse o último suspiro
Aquele que nos devolve para o Criador
A gente não deve poupar a si mesmo
Ignorando o abismo que se aproxima
A alma que tiver a escada mais longa
Poderá se salvar e salvar o seu amor
Crendo , crescendo e evoluindo...

Um comentário:

Drisph disse...

Meu nome é Adriana, sou poeta, escritora, e Gostaria a você a uma chance todo mês de ganhar livros; no més de agosto teremos oito livros sorteados entre os seguidores do meu blog, e em setembro, 9. Esta é uma iniciativa para incentivar os novos autores que são considerados anônimos pelas grandes editoras; para participar, siga o blog e deixe um comentário -"quero participar da promoção dos novos autores!"
Um abraço e parabéns pelo texto e pelo blog!
Adriana

adrianavargas.ocadv@hotmail.com

Obs: meus livros, sem frete, ficarei feliz se adquirir algum e prestigiar uma nova autora http://www.bookess.com/profile/adrianasph/books/