quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Tu és eu... eu sou tu

Um bem estar
Uma alegria
Envolventes
Porque sorris
E me olhas
Com amor...

Não há palavras nem precisa haver
O sentimento verdadeiro se mostra
No gesto e no sorriso que derramas...

Até na lágrima e na tristeza
Pois estas também me atingem
Choro e me entristeço contigo...

O amor é o sentir espontâneo
Onde há o encantamento
E nossas almas flutuam
Se tocando...

O amor não necessita de palavras
Sua linguagem são as emoções
Que comandam sem lógica
Sem julgamentos ...

Existem simplesmente...

Até no sofrer
Vivo só o teu
Sentes o meu
Somos unos
Tu és eu
Eu sou tu...

Esta é a nossa verdade...

[mesmo distantes nos sentimos... na saudade]

4 comentários:

Verdades e Mentiras disse...

Querida Alice: Gostei demais do seu poema. abs. sandra

Alice Luconi disse...

Olá Sandra. Teu Blog está estupendo minha amiga, adorei...

Obrigada pela visita.

Bjs,ALICE

Haere Mai® disse...

Gosto de te ler. Até na poesia mais lírica deixas sempre algo que nos faz crescer.

Saudades de ti.

Beijo azul

Alice Luconi disse...

Que saudades minha amiga.Fiquei feliz em te ter aqui. Precisas voltar para nós... teus poemas encantam todos, nunca desista...de nos deleitar.

Obrigada.Por favor venha sempre...

Bjs,ALICE