sábado, 12 de janeiro de 2013

Artimanha da ilusão


sempre guardo
os fragmentos meus
dentro de mim...

são meus pedaços
que com o tempo
reparo [no sim]

em lembranças
arrumadas
desordenadas...

acrescento algo
delicioso
para fruir...

e quando
o presente
está muito ruim

agarro
o passado
no agora alterado

e me ponho
a sorrir
tola... assim

artimanha

para superar
tristezas
ou fracassos

que a vida
encar(n)a
até o fim...

Um comentário:

Isa disse...

Gostei muito desse !

beijinho.
Isa