sábado, 6 de outubro de 2012

[coração... ]



precisa esconder-se
(às vezes )
de si mesmo...

e,

esconderijo bom
é aquele esquecido

esquece se que
se está escondido

quase sempre
dentro do outro
coração...








Um comentário:

Moacir Willmondes disse...

Sábio conselho poético. Mesmo que a memória adora ser a pessoa que procura, na infantil brincadeira do esconde-esconde.